Background Image

NOSSA HISTÓRIA

Conheça nossa história, nossos princípios e saiba como chegamos até aqui.

PRINCÍPIOS

“O QUE NOS MOVE E NOS MOTIVA”

O Grupo I.G., desde sua fundação, trabalha em cima de princípios para elevar continuamente sua qualidade de produção, a assistência e o atendimento a clientes.

Nossos princípios e valores:
- Oferecer aos clientes produtos de alta qualidade;
- Garantir bons resultados a clientes e colaboradores;
- Atender de forma personalizada;
- Desenvolver com sustentabilidade;
- Alcançar os objetivos.

A consolidação no mercado se deu pelo trabalho e perseverança do atual presidente e fundador Antonio Roberto Giraldi e seus filhos, Luciano, Ivana e Junior. Esta conquista se deu pela forte aliança de seus colaboradores. Hoje, os clientes, os quais constituem mais de 300, podem ter a certeza de que o Grupo I.G. sempre caminhará ao seu lado.


1944 a 1966 – Irineu Geraldi

1966 – A visão
Irineu Geraldi, nascido em 04 de julho de 1916, em Serra Negra, dedicou a vida a sua família e ao trabalho. Trabalhou em São Paulo na ferrovia, onde ficou por quase um ano. Voltou para Serra Negra, trabalhou como pedreiro no cemitério da cidade, mas, com grande instinto empreendedor, abriu seu próprio negócio: um armazém no centro de seu município. Com perseverança, comprou sua fazenda, a Fazenda Campineiro, onde cultivava arroz, batata, tabaco para fumo e cana para pinga. Montou uma olaria chamada I.G., que significava “Irmãos Geraldi”, onde seus filhos o ajudavam e os irmãos eram sócios. Irineu comprou parte de um sítio onde existia uma fonte nascente de água.


1966 A 1980

1966 – A visão
Homem de grande visão que era, enviou a água da nascente para análise. Com o resultado positivo de que a água era de excelente qualidade, resolveu montar uma mineradora, a qual teria um tempo de montagem de quatro anos. Irineu tratou de batalhar a fim de construir a Empresa Mineradora.

1970 – Fundação das Mineradoras
Após vender o armazém, transformou parte de seu sítio em lotes para venda. Com isso levantava renda para sustentar a família e investir na Mineradora. Em meados de 1970, fundou sua Mineradora, as fontes: Nossa Senhora Aparecida e Santana. Assim, Irineu ajudou no desenvolvimento do Bairro das Posses, oferecendo moradia e novas oportunidades de emprego.

1980 – A segunda geração
Irineu Geraldi viu que era hora de seus filhos assumirem o comando dos negócios para que ele pudesse aproveitar sua vida com outros afazeres.

1980 a 1990

1984 – O progresso e a criação
Com o progresso das Mineradoras, um de seus filhos, Antonio Roberto Giraldi, observou a necessidade de um equipamento adequado para o envase. A falta de máquinas e de equipamentos no mercado fez com que Antonio Roberto tomasse a iniciativa de construir as primeiras máquinas para lavar e envasar os garrafões.

1985 – A perda
Encerrava, em 30 de abril de 1985, a vida de um homem forte e trabalhador que não se cansava de viver. Vítima de uma grave enfermidade, Irineu Geraldi deixou sua história marcada em cada lugar por onde passou.

1986 – Pioneirismo
Herdando a visão de seu pai, Antonio Roberto Giraldi inovou seu equipamento buscando maior produção e qualidade. Surgiu, então, a primeira Enchedora Rotativa e a Lavadora Linear.

1987 – Incentivo
Com o ótimo funcionamento das máquinas, fiscais e envasadores incentivaram a comercialização dessas máquinas para terceiros.

1988 – O nascimento
Antonio Roberto Giraldi e seus irmãos fundaram, em 01 de julho de 1988, a I.G. Indústria e Comércio de Máquinas Ltda. Construíam e vendiam os equipamentos por eles criados, atendendo, assim, o mercado.

1990 – Reconhecimento
A I.G. participou do 1° Congresso Nacional de Água Mineral, adquirindo reconhecimento e aceitação no país.

1990 a 2000

1993 – A separação
Alguns defendiam a ideia de manter apenas as Mineradoras, mas Antonio Roberto Giraldi decidiu seguir em frente com a I.G., abrindo mão da empresa de seu pai e assumindo integralmente, junto com seus filhos, o desafio de manter a I.G. ativa depois da separação.

1994 – A nova geração
Os filhos de Antonio Roberto Giraldi contribuíram para a superação da separação da sociedade e auxiliaram na estabilização da empresa. Surgia, então, a segunda geração responsável pela direção da I.G.: Luciano Augusto Giraldi, Ivana Célia Giraldi e Antonio Roberto Giraldi Jr.

1996 – Novos planos
A empresa cresceu, as vendas aumentaram e a sede ficou pequena. Então a I.G. comprou um novo terreno para que lá fosse construída a nova e maior sede.

1997 – O crescimento
A infraestrutura da nova sede permitiu o crescimento da empresa e possibilitou que novas metas fossem atingidas.

1998 – A primeira década
A I.G. Indústria e Comércio de Máquinas Ltda comemora os dez anos de sua existência. E com a estabilidade do mercado, seus diretores resolveram investir em uma nova Mineradora.

2000 a 2011

2000 – Consolidação
A I.G. Indústria e Comércio de Máquinas Ltda se consolida no mercado atingindo a incrível marca de mais de trezentos clientes.

2002 – A Mineradora
Antonio Roberto Giraldi, junto ao seu sócio, deu início a nova Mineradora, a Fonte Única. A I.G. passou, portanto, a controlar todo o processo de envase de água mineral comprovando a eficácia e qualidade de suas máquinas.

2008 – Vinte anos de existência
A I.G. Indústria e Comércio de Máquinas Ltda comemora vinte anos de existência, e, como presente, a terceira geração da família de Antonio Roberto Giraldi começa a ingressar na empresa seguindo os passos de seus familiares.

2010 – Investimento
Metas alcançadas permitiram que novos investimentos fossem feitos. Assim, a I.G. passou a utilizar tecnologia avançada em sua linha de produção.

2011 – Escrevendo a história ...